“Só faz obra quem tem dinheiro”

A informação sobre a actividade e situação financeira e a prestação de contas do Município foram debatidas na passada sexta-feira, dia 28, na Assembleia Municipal, no Europarque. Os valores apresentados foram aprovados por maioria, com 32 votos a favor, 14 contra e 4 abstenções.

Emídio Sousa, presidente da Câmara Municipal, iniciou a sua intervenção dizendo que a situação financeira do Município “era clara”, prontificando-se para esclarecer todas as dúvidas que pudessem existir.

A primeira intervenção foi da CDU e disse respeito à Indaqua. O partido quis saber porque é que, “sendo a concessão da responsabilidade desta empresa, na extensão e tratamento das águas residuais, a Câmara resolveu partes da empreitada na Rua do Engenho Novo, em Paços de Brandão”.

 

Leia a notícia completa na nossa edição impressa. 

Artigos Relacionados