Conceição Fidalgo: “Rio Meão merecia alguns milhões”

Conceição Fidalgo, presidente da Junta de Freguesia de Rio Meão, está no seu primeiro mandato e assumiu que ainda não realizou muitas obras porque “não dependem apenas da vontade da Junta”. Para a autarca, as prioridades para a freguesia são um auditório e um pavilhão gimnodesportivo.

A presidente confidenciou ao N que Rio Meão merecia atenção redobrada por parte da Autarquia. Considera que Rio Meão está a ser subvalorizado e devia ser vista como uma rectaguarda do concelho, pela sua localização geográfica.

 

Das propostas da campanha eleitoral, quais já foram cumpridas?

Só passaram dois anos e, na realidade, ainda não foi concretizada muita obra física. Alguns dos projectos estão em fase de estudo ou a serem preparados para concretização. Das promessas feitas, pretendo ao longo dos próximos dois anos terminar a Casa Mortuária. A obra vai implicar a requalificação na Avenida 20 de Maio, que será feita a seu tempo. A requalificação do exterior estará a cargo da Câmara Municipal. O concurso público será lançado ainda este ano.

 

Leia a entrevista completa na nossa edição impressa. 

Artigos Relacionados

Como comemos!

A alimentação é fonte de energias e nutrientes, mas também de boa parte das experiências hedónicas e simbólicas dos consumidores.

Ler mais »