Ovar, Mealhada e Torres Vedras vão apresentar propostas à DGS para um Carnaval “atípico”

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

As autarquias de Ovar, Torres Vedras, Estarreja, Figueira da Foz e Mealhada reuniram-se esta quinta-feira com a Direção-Geral da Saúde (DGS) para delinear as comemorações do Carnaval em 2021. As Câmaras Municipais ficaram de “desenvolver até ao final do mês as tipologias das várias iniciativas a realizar no Carnaval de 2021”, conta o presidente da Câmara de Torres Vedras. No final da reunião que considerou “produtiva”, Carlos Bernardes disse que, quando receber as propostas, a DGS irá pronunciar-se sobre cada uma delas, mas o objetivo é pensar em atividades que serão “feitas em segurança, de acordo com a situação epidemiológica do país”.

O autarca adianta que, no caso de Torres Vedras, já estão a trabalhar com as diferentes associações do concelho nesse sentido. Questionado sobre se o que se pretende é evitar grandes ajuntamentos de pessoas, Carlos Bernardes afirma que reuniões “em massa” estão fora de questão, mas admite que, “se se puder criar um modelo de bolha, onde possamos confinar pessoas num determinado espaço, com as distâncias recomendadas pela DGS, haverá condições para realizar um conjunto de iniciativas no período de Carnaval”.

Leia mais na edição impressa.