Restauração: Malheiro pede ao Governo que período do cerco seja excluído dos cálculos

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Autarca considera ser de “elementar justiça” que assim aconteça

 

 

POLÍTICA

Na passada sexta-feira, Salvador Malheiro, Presidente da Câmara Municipal de Ovar, fez saber que já teria enviado, para o Ministério da Economia, um ofício a propor que os restaurantes do município vareiro vejam excluído do cálculo da média para aferir a compensação de 20% o tempo referente ao cerco sanitário. “Trata-se de um acto de elementar justiça e esperamos sensibilidade do Governo nesta matéria” – anseia o social-democrata.

Esta foi a reacção do Presidente da Câmara Municipal de Ovar às medidas anunciadas por António Costa, na quinta-feira, entre as quais consta que os restaurantes dos concelhos abrangidos pelo estado de emergência recebam um apoio equivalente a 20% da receita perdida no fim de semana passado e no próximo.

 

Leia mais na edição de segunda-feira do Jornal N.